+55 11 4200-0850

Mercado mundial

Contração da indústria da zona do euro diminui em junho com alívio de restrições, mostra PMI

A contração da indústria da zona do euro foi mais fraca do que o inicialmente calculado em junho, depois de mais economias do bloco terem aliviado restrições adotadas devido ao coronavírus, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

 

Com as taxas de transmissão caindo em grande parte da Europa e as economias reabrindo, o PMI final de indústria se aproximou mais da marca de 50 que separa crescimento de contração em junho.

 

O PMI foi a 47,4 em junho de 39,4 em maio e preliminar de 46,9. O subíndice de produção saltou a 48,9 de 35,6.

 

O subíndice de produção futura, que mede o otimismo para os próximos 12 meses, voltou a território positivo a 57,3 ante 44,6 em maio.

 

Entretanto, todos os outros subíndices permaneceram abaixo de 50, sugerindo que a recuperação pode ser lenta e longa.  Leia mais

 

 

Ações da China sobem a máxima em 4 meses com cortes de juros e esperanças de recuperação

O índice de referência da China fechou em seu nível mais alto em quase quatro meses nesta quarta-feira, com as medidas do banco central do país sobre cortes de juros e dados melhores sobre a indústria do país em junho continuando a alimentar esperanças de uma recuperação econômica mais rápida. Leia mais

 

 

China ataca Hong Kong

A polícia chinesa fez suas primeiras prisões em Hong Kong sob a nova lei de segurança, promulgada na terça-feira.

 

A lei, que prevê sentenças de prisão perpétua contra os condenados por subversão, sedição e terrorismo, foi imposta sem ser lida na própria legislatura da cidade. Leia mais

 

 

Mercado brasileiro

Dólar sobe nesta terça e consolida alta semestral de 35,5%

O dólar comercial fechou em alta de 0,22% no mercado à vista, cotado a R$ 5,4360 para venda, em sessão volátil em meio à formação de preço da taxa Ptax de fim de mês, na primeira parte dos negócios, em ajustes no último pregão do semestre e com o exterior reagindo às declarações do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) sobre a recuperação da economia no país.

 

Com isso, a moeda fecha o mês em alta de 1,85%, enquanto no trimestre, se valorizou em 4,5%, engatando o segundo trimestre de alta. No acumulado de seis meses, a moeda teve forte valorização de 35,5%, com o real tendo um dos piores desempenhos entre as moedas globais no ano.

 

 

E-commerce se destaca no Ibovespa em melhor trimestre desde 2003

O Ibovespa acumulou no segundo trimestre elevação de 30,2%, com apenas três ações com desempenho negativo no período, em movimento que teve como catalisadores a ampla liquidez global e declínio dos juros para taxas historicamente baixa no país. Essa combinação animou um fluxo histórico de pessoas físicas a migrar para a renda variável, apesar da forte volatilidade determinada pela pandemia, além do cenário político turbulento no Brasil.

Veja os principais destaques do Ibovespa no trimestre:

 

– VIA VAREJO ON teve o melhor desempenho do Ibovespa no trimestre, de 189,96%, com o setor de comércio eletrônico respondendo por três das cinco maiores altas do índice no período de abril a junho. Medidas de restrição para frear a disseminação do Covid-19 colocaram as pessoas em casa e estimularam o comércio online como nunca. B2W ON (SA:BTOW3) contabilizou valorização de 123,02% e MAGAZINE LUIZA ON (SA:MGLU3) somou elevação de 83,77%. Em Nova York, o MERCADO LIVRE apurou um salto de 101,76%. Leia mais

 

 

Prorrogação do auxílio emergencial será oficialmente por 2 meses, mas com pagamento em fases, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira que a extensão do auxílio emergencial será oficialmente por dois meses de 600 reais, mas afirmou que o pagamento poderá ser feito em fases para que abarque um período maior.

 

“Isso é o que lei permite. Mas se nós tivermos, inclusive, percepção quanto à possível duração um pouco mais extensa ou não dessa crise, podemos perfeitamente pegar os dois pagamentos de 600, mas fasear de uma forma que você cubra três meses, é mais inteligente”, disse ele, em cerimônia no Palácio do Planalto.

 

“Estávamos em 600, podemos fazer um pagamento de 500 no início do mês, 100 no final do mês com 300 logo depois. Ou seja, fica uma prestação de 500, outra de 400 logo depois e outra no fim do mês de 300. Você acaba cobrindo três meses com 500, 400, 300”, acrescentou. Leia mais

 

Entre em nosso canal de informação no Telegram

pt_BR
en_US pt_BR