De olho no mercado – 04 de Dezembro de 2020

Comece o dia bem informado!

 

Mercado Internacional

 

EUA registram recorde diário de casos de Covid-19; Califórnia prepara novas restrições

 

Os Estados Unidos registraram recordes diários de novas infecções e mortes de Covid-19 na quinta-feira, e o governador da Califórnia disse que imporá algumas das ordens de permanência em casa mais rígidas da nação nos próximos dias, uma vez que as unidades de tratamento intensivo devem atingir sua capacidade máxima.

 

Mais de 211.762 casos novos e 2.858 mortes foram confirmados até a noite de quinta-feira nos EUA, segundo uma contagem da Reuters. As hospitalizações passaram de 100 mil. Leia mais

 

 

 

EUA devem ter criado em novembro menor número de empregos em seis meses

 

Os empregadores dos Estados Unidos provavelmente contrataram o menor número de trabalhadores em seis meses em novembro diante do ressurgimento dos casos de Covid-19, o que, junto com a falta de mais alívio do governo, ameaça reverter a recuperação da recessão.

 

O relatório de emprego do Departamento do Trabalho a ser divulgado nesta sexta-feira vai cobrir apenas as duas primeiras semanas de novembro, quando a atual onda de infecções por coronavírus começou. Leia mais

 

 

 

Mercado Nacional

 

Dólar ensaia estabilização, mas se mantém perto de mínimas em 4 meses

 

O dólar esboçava uma pausa depois da forte queda da véspera, mas seguia próximo de mínimas em quatro meses, numa sexta-feira de nova fraqueza da moeda norte-americana no exterior em meio a mais uma sessão de otimismo sobre estímulos nos Estados Unidos e antes de dados de emprego nos EUA. Leia mais

 

 

 

Dólar mantém queda e vai a R$ 5,12

 

O dólar opera novamente em queda nesta sexta-feira (4), após ter fechado na véspera na menor cotação desde julho, caminhando para encerrar a semana com recuo ao redor de 4%.

 

Às 9h26, a moeda norte-americana caía 0,16%, a R$ 5,1317. Na mínima até o momento chegou a R$ 5,1252. Leia mais

 

 

 

Consumo, auxílio emergencial e crédito puxam PIB

 

O auxílio emergencial de R$ 600 mensais para trabalhadores informais, medida para mitigar a crise causada pela covid-19, e o aumento nas concessões de crédito para pessoas físicas impulsionaram o consumo das famílias, contribuindo para uma retomada da economia no terceiro trimestre mais vigorosa do que o esperado no início da crise. Leia mais

 

 

 

PIB cresce 7,7%, mas não repõe perdas; crescimento em 2021 depende da vacina

 

A continuidade da reabertura das atividades, depois do auge da pandemia, e o impulso do auxílio emergencial no consumo fizeram a economia registrar no terceiro trimestre o maior crescimento em duas décadas. O Produto Interno Bruto (PIB, o valor de tudo o que é produzido na economia) saltou 7,7% ante o segundo trimestre, maior alta da série histórica, iniciada em 1996, informou ontem o IBGE. Leia mais

 

 

 

País é o 25º em ranking do PIB do 3º trimestre

 

O Brasil ficou em 25.º lugar em um ranking de 51 países medidos pelo desempenho dos seus PIBs no terceiro trimestre, segundo a agência de classificação de risco Austin Rating. Com crescimento de 7,7%, o Brasil está na 25ª posição, logo atrás de Polônia (+7,9%), Filipinas (+8,0%), Israel (+8,4%), Alemanha e Ucrânia (ambas com crescimento de 8,5%). Leia mais

 

 

 

Comércio de São Paulo deve crescer apenas 1% em dezembro

 

Dezembro deve registrar crescimento de 1% nas vendas do comércio paulista na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo estimativas da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista (PCCV), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). O estudo considera o retrocesso do estado à fase Amarela do Plano São Paulo, anunciada pelo governo estadual na última segunda-feira (30). Leia mais

 

 

 

Receba as principais notícias do dia pelo Telegram: clique aqui

moser

moser

Nossa comunicação é especializada em câmbio, buscamos compartilhar insights valiosos e estratégias inovadoras para o seu dia a dia.

Fique por dentro de todo
conteúdo e Descontos

Outros assunto relacionados

Economia global e o mercado cambial
O mercado cambial é influenciado por diversos fatores, sendo a economia global um dos principais. É importante...
De olho no mercado – 18 de fevereiro de 2022
Comece o dia bem informado!   Mercado Internacional   Minério de ferro tem maior queda semanal...
De olho no mercado – 16 de fevereiro de 2022
Comece o dia bem informado!   Mercado Internacional   Ata do Fed deve fornecer detalhes sobre...