De olho no mercado – 11 de agosto de 2020

Mercado mundial          

Rússia torna-se primeiro país do mundo a aprovar vacina contra Covid-19, diz Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta terça-feira que o país tornou-se o primeiro do mundo a dar aprovação regulatória para uma vacina contra a Covid-19 depois de menos de dois meses de testes em humanos, uma medida exaltada por Moscou como prova de sua coragem científica.

 

Este desdobramento abre caminho para a inoculação em massa da população russa, mesmo que o estágio avançado de ensaios clínicos para testar a eficácia e a segurança da vacina ainda não tenha sido concluído.

 

A velocidade com que a Rússia está disponibilizando sua vacina enfatiza a determinação do país em vencer a corrida global em busca de um imunizante efetivo, mas gerou preocupações de que o prestígio nacional esteja sendo colocado à frente de uma ciência sólida e segura.

 

Ao falar durante uma reunião de governo transmitida pela TV, Putin disse que a vacina, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, de Moscou, é segura e que ela foi aplicada em uma de suas filhas.

 

“Eu sei que ela funciona muito efetivamente, forma uma imunidade forte, e eu repito, ela passou por todas as checagens necessárias”, disse Putin. Leia mais

 

 

Dólar se fortalece, após decretos de Trump e com tensões EUA-China

O dólar se fortaleceu na comparação com rivais em geral e emergentes nesta segunda, 10, em meio ao recrudescimento das tensões entre Estados Unidos e China e às repercussões da assinatura do presidente americano, Donald Trump, de quatro decretos executivos com medidas de estímulos fiscais, após o fracasso das negociações com a oposição.

 

Perto do horário de fechamento das bolsas de Nova York, o dólar subia a 105,97 ienes, o euro recuava a US$ 1,1744 e a libra avançava a 1,3074. O índice DXY, que mede a variação da moeda americana contra seis divisas fortes, fechou em alta de 0,16%, a 93,435 pontos.

 

“O dólar manteve seus ganhos recentes. No entanto, continuamos a ver este salto do dólar com ceticismo, uma vez que os riscos negativos para o desempenho econômico dos EUA continuam a aumentar devido à falta de uma legislação de estímulos agressiva”, analisa o BBH, em relatório. Leia mais

 

 

Mercado brasileiro

Em sessão volátil, dólar vai a R$ 5,4663 e encerra na maior alta desde maio

O cenário de incerteza no exterior, com a volatilidade inerente à aproximação das eleições nos Estados Unidos, e no Brasil, com o que é percebido como ameaça fiscal pela possibilidade de burlar o teto de gastos, fez o investidor buscar refúgio no dólar nesta segunda-feira, 10. Depois de passar a manhã em queda frente ao real, atingindo a mínima do dia nos R$ 5,3532, a divisa americana engatou uma trajetória de alta na etapa vespertina dos negócios para subir a R$ 5,4663 no fechamento, a maior desde 22/05/2020 (R$ 5,5797). Leia mais

 

Bolsa fecha em alta de 0,65%, aos 103.444,48 pontos, com Petrobras, Vale e bancos

O Ibovespa mudou de direção no meio da tarde desta segunda, 10, com a virada positiva de Petrobras (SA:PETR4) e bancos, que contribuiu para firmar ganho, ainda que moderado, no índice da B3 nesta primeira sessão da semana. Ao final, o Ibovespa apontava alta de 0,65%, aos 103.444,48 pontos, tendo oscilado entre mínima de 101.282,05 (-1,45%) e máxima de 103.722,49 pontos, à tarde, saindo de 102.776,02 na abertura. O giro financeiro totalizou R$ 24,9 bilhões e, em agosto, o índice avança 0,52%, com perda de 10,55% no ano.

 

Do fechamento de 31 de julho para cá, o índice se manteve entre mínima de 100.004,50 (no dia 4) e máxima de 104.523,28 pontos (no dia 6), com níveis de encerramento entre 101.215,87 (dia 4) e 104.125.64 (dia 6) – uma margem de 4,5 mil pontos entre a mínima e a máxima intradia do intervalo, e de pouco menos de 3 mil pontos entre os respectivos fechamentos. Leia mais

 

Entre em nosso canal de informação no Telegram

 

Marketing Frente Corretora

Marketing Frente Corretora

Fique por dentro de todo
conteúdo e Descontos

Outros assunto relacionados

Guia do Mercado Cambial: Dicionário de Termos
O mercado de câmbio é uma esfera fundamental da economia global, desempenhando um papel crucial em negócios...
Pagamentos Internacionais para Empresas: Existem Alternativas ao Swift?
Em um mundo cada vez mais globalizado, as transações financeiras internacionais se tornaram uma rotina...
Tendências Globais em Câmbio para Negócios Internacionais
As novas tecnologias de câmbio estão abrindo novas fronteiras para os negócios internacionais. É fundamental...