De olho no mercado | 22 de Agosto 2019

De olho no mercado

Hoje o dia está sendo de cautela nos mercados internacionais, e o pano de fundo segue sendo o temor de uma recessão a nível global. O que ontem foi alívio hoje está sendo visto como perigo: uma atuação mais branda do Fed. Diferente das expectativas – de uma atuação mais pesada no sentido de baixar os juros nos EUA – o documento trouxe uma expectativa mais branda, ou seja, de menos intervenções (ou menos quedas).

As bolsas operam em baixa em sua maioria.

E sobre os leilões que estrearam ontem, o Bacen negociou ontem um volume abaixo do total oferecido. O total absorvido foi de USD 200 milhões, ante uma oferta de USD 550 milhões. Até o dia 29 teremos esse tipo de leilão diariamente, e o mercado deve ser adaptar a esta nova modalidade (venda de spot com oferta simultânea de swap reverso. Acontece que, como os produtos são diferentes, a demanda nem sem é a mesma).

O dólar por aqui caiu 0,55% e fechou na faixa dos R$ 4,03, em linha com o exterior.

Ontem, após a divulgação da ata do Fed, o dólar pouco oscilou frente as principais moedas. O documento mostrou que seus membros veem um crescimento em ritmo moderado nos Estados Unidos neste momento, mas com riscos e incertezas, e também que a maioria deles considerou o corte de juros da última reunião como um “ajuste de meio de ciclo”.

Na agenda do dia teremos o IPCA-15 de agosto e a arrecadação de julho. Lá fora, sairá a ata da última reunião do BCE e também deveremos monitorar as primeiras reuniões em Jackson Hole nos EUA (reunião dos bancos centrais). Um indicador a ser divulgado será o PMI (índice de gerentes de compra) composto industrial e de serviços nos EUA.

No mercado de moedas o dia é de fuga do risco, ou seja, compra de dólares. Em linha com os demais ativos globais, o dólar também deverá ganhar força por aqui. A oscilação nas moedas EM neste momento é na faixa dos 0,20% à 1,0%.

moser

moser

Nossa comunicação é especializada em câmbio, buscamos compartilhar insights valiosos e estratégias inovadoras para o seu dia a dia.

Fique por dentro de todo
conteúdo e Descontos

Outros assunto relacionados

Pagamentos Internacionais para Empresas: Existem Alternativas ao Swift?
Em um mundo cada vez mais globalizado, as transações financeiras internacionais se tornaram uma rotina...
Como a Gestão de Câmbio Influencia os Negócios Internacionais: Uma Perspectiva da Frente Corretora
A gestão de câmbio desempenha um papel crucial no sucesso dos negócios internacionais. Com mercados cada...
Como Potencializar Seus Negócios Internacionais?
Expandir os negócios para o mercado internacional é uma meta ambiciosa para muitas empresas. No entanto,...