Entre em nosso canal de informação no Telegram para receber o De olho no mercado

 

 

Confira as notícias:

 

Mercado Externo

 

Executivos de finanças mostram inquietação com eleição apertada nos EUA

 

Wall Street e executivos financeiros globais aguardam ansiosamente um vitorioso claro na eleição presidencial dos Estados Unidos de 2020 depois que o presidente Donald Trump declarou vitória, provocando temores de uma contagem prolongada que mantenha os mercados e as empresas nervosos.

 

Embora o presidente republicano tenha dado enormes isenções fiscais para a indústria e vitórias com desregulações, seu primeiro mandato também foi marcado por volatilidade e imprevisibilidade, particularmente no comércio internacional. Leia mais

 

 

 

Importações acumuladas da China vão superar US$22 tri na próxima década, diz presidente Xi

 

As importações acumuladas de bens da China vão superar 22 trilhões de dólares na próxima década e o país está acelerando sua abertura apesar da pandemia global de coronavírus, afirmou nesta quarta-feira o presidente Xi Jinping. Leia mais

 

 

 

Alguns membros do BC do Japão pedem avaliação sobre resposta à Covid-19, mostra ata

 

Algumas autoridades do banco central do Japão pediram maior avaliação sobre como lidar com as consequências da pandemia de coronavírus uma vez que a perspectiva econômica permanece altamente incerta, mostrou ata da última reunião de política monetária nesta quarta-feira.

 

Muitos na diretoria formada por nove membros concordaram que a manutenção da política monetária ultrafrouxa foi suficiente por enquanto para aliviar o impacto econômico da pandemia, mostrou o documento. Leia mais

 

 

 

Índices acionários da China fecham em alta com ganho de bancos

 

Os índices acionários da China fecharam em alta nesta quarta-feira, sustentados pelas ações de bancos, com os investidores aparentemente lidando bem com a suspensão da listagem do Ant Group.

 

A eleição presidencial nos Estados Unidos também estava no radar dos investidores, com o resultado ainda indeterminado embora o presidente Donald Trump tenha assumido a liderança em alguns Estados decisivos. Leia mais

 

 

 

Ibovespa Futuros em alta em meio a mercados mistos, com eleição nos EUA no radar

 

O Ibovespa Futuros opera em alta, em meio a mercados mistos nesta manhã, voláteis em meio à apuração dos resultados da eleição presidencial nos EUA. O índice tinha alta de 1%, aos 97.430 pontos, às 9h30.

 

Ontem, o Ibovespa fechou em alta de 2,16%, aos 95.979 pontos. O EWZ, ETF que replica o Ibovespa em Nova York, fechou em alta de 1,21%, a 27,50, e operava em alta de 2,18%, a 28,10 no pré-mercado. Leia mais

 

 

 

Mercado Interno

 

Dólar cai em meio dúvidas sobre eleição nos EUA; autonomia do BC está no radar

 

O dólar opera em baixa no mercado doméstico nesta quarta-feira, 4, pressionado pela inversão do sinal para baixo do índice do dólar Índice Dólar ante seis pares principais e uma desaceleração das altas frente divisas emergentes e ligadas a commodities.

 

Os ajustes refletem incertezas sobre o resultado da eleição americana, que tem apuração acirrada mostrando que as pesquisas recentes e projeções de especialistas podem ter subestimado novamente Donald Trump, uma vez que apontavam maiores chances de vitória do democrata Joe Biden. De todo modo, a perspectiva é de que, independentemente de quem saia vencedor, tendem a ser injetados mais estímulos fiscais na economia americana. A diferença é que o montante dos novos estímulos “poderia ser maior em caso de uma vitória democrata. Leia mais

 

 

Ibovespa Agora: IRB Brasil tem prejuízo de R$ 229,8 mi no 3º tri

 

O IRB Brasil RE teve prejuízo líquido de 229,8 milhões de reais no terceiro trimestre, bem acima do resultado negativo de um ano antes (19,7 milhões de reais), mas abaixo da perda de 685,1 milhões de reais no segundo trimestre, segundo dados divulgados na noite de terça-feira.

 

“O resultado reflete especialmente a aceleração nos avisos de sinistros internacionais, explicados pelo momento de incertezas na economia e na companhia”, afirmou em nota o presidente-executivo interino e presidente do conselho de administração da resseguradora, Antônio Cássio dos Santos. Leia mais

 

 

 

Produção industrial no Brasil sobe 2,6% em setembro, diz IBGE

 

A produção industrial brasileira registrou alta de 2,6 por cento em setembro na comparação com o mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira. Leia mais

 

 

 

Alimentos pressionam e IPC-Fipe passa a subir 1,19% em outubro

 

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo passou a subir 1,19% em outubro depois de alta de 1,12% em setembro, diante da forte pressão dos preços de alimentos, informou nesta quarta-feira a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

 

No mês, o maior impacto decorreu da alta de 2,51% dos custos de Alimentação, depois de alta de 2,15% em setembro. Também pesou o avanço de 2,52% nas Despesas Pessoais, em uma forte aceleração da alta de 1,66% vista no mês anterior. Leia mais

 

 

en_US