Mercado Externo

 

 

Fraqueza dos setores de saúde e tecnologia pressiona ações europeias

 

As ações europeias caíam de uma máxima em duas semanas nesta terça-feira, com uma queda nas ações de tecnologia e saúde, assim como notícias corporativas mistas, moderando o otimismo em relação a um pacote de estímulo dos Estados Unidos que impulsionou os índices de Wall Street na véspera.

 

Às 8:07 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 caía 0,09%, a 1.415 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdia 0,04%, a 366 pontos.  Leia mais

 

 

Ações asiáticas ampliam ganhos com retorno de Trump à Casa Branca

 

As ações de Hong Kong subiram nesta terça-feira, acompanhando a força dos mercados estrangeiros diante da saída do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, do hospital onde estava internado com Covid-19, um desdobramento visto como uma redução das incertezas políticas no curto prazo.

 

O apetite de risco dos investidores melhorou depois que Trump voltou à Casa Branca na noite de segunda-feira e disse que se sentia “muito bem”, embora um de seus médicos tenha alertado que ele pode não estar fora de perigo ainda. Leia mais

 

 

Wrapped bitcoin (WBTC), o “bitcoin da Ethereum”, ultrapassa a marca de US$ 1 bilhão

 

O valor total de wrapped bitcoin (WBTC) ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão conforme a demanda por bitcoin na Ethereum continua a aumentar.

 

Os tokens custodiados pela BitGo explodiram nos últimos meses conforme investidores a longo prazo (“hodlers”) de bitcoin colocaram seus ativos para trabalhar no setor de finanças descentralizadas (DeFi) em constante expansão. Leia mais

 

Mercado Interno

 

 

Dólar recua ante real após alta de Trump; mercado doméstico reflete alívio político

 

O dólar era negociado em queda contra o real nos primeiros minutos de pregão desta terça-feira, pressionado pelo maior apetite por risco global depois da alta hospitalar do presidente norte-americano, Donald Trump, e, no cenário doméstico, refletindo uma reaproximação entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

 

Às 9:09, o dólar recuava 0,51%, a 5,5395 reais na venda, enquanto o principal contrato de dólar futuro caía 0,56%, a 5,5485 reais. Leia mais

 

 

FMI melhora previsão para PIB do Brasil em 2020 e passa a estimar queda de 5,8%, de 9,1% antes

 

O Fundo Monetário Internacional (FMI) melhorou nesta segunda-feira suas perspectivas econômicas de 2020 para o Brasil, mas alertou que os riscos permanecem “excepcionalmente altos e multifacetados” e que a dívida do governo está a caminho de encerrar o ano em torno de 100% do Produto Interno Bruto (PIB).

 

O FMI agora espera que a maior economia da América Latina encolha 5,8% neste ano, muito menos que a contração de 9,1% que havia estimado anteriormente, e prevê uma recuperação “parcial” e um crescimento de 2,8% no próximo ano. Leia mais

 

 

ABERTURA: Ibovespa futuro abre em alta com exterior e “paz” de Maia e Guedes

 

O índice futuro do Ibovespa inicia a sessão desta terça-feira com valorização de 0,76% aos 96.852 pontos às 09h12, com o dólar recuando 0,69% a R$ 5,5389.

 

O mercado tem mais um dia com desempenho positivo, seja com as bolsas da Ásia, Europa e os futuros de Wall Street. Tudo isso refletindo a saída do presidente americano Donald Trump do hospital. No entanto, as incertezas quanto às eleições americanas ainda deixam um clima de cautela no ar. Leia mais

 

Entre em nosso canal de informação no Telegram

 

en_US