Blog de Frente

A importância do Compliance na Corretora de Câmbio

Compliance na Corretora de Câmbio

A importância do Compliance na Corretora de Câmbio

Os últimos acontecimentos do país têm criado uma onda de transformação na forma com a qual nós fazemos negócios, cumprimos nossos compromissos e nos comprometemos como executivos, empresários e profissionais de maneira geral.

Em tempos de Lava-Jato, os processos e controles vem ganhando espaço e termos como “Compliance”, “Governança Corporativa” e “Controles Internos” vem se tornando usuais em diversos setores da economia.

A Lava-Jato foi também uma grande responsável pelo investimento nos Programas de Compliance que, segundo uma pesquisa realizada pela Câmara Americana de Comércio (Amcham), cresceram em 59% por consequência da Operação nos últimos 4 anos.

No mercado financeiro isso já é muito mais conhecido, o que não impediu o envolvimento de alguns de seus participantes em episódios desalinhados com a boa prática de Governança & Compliance, mas, afinal: o que significa Compliance?

Compliance vem do verbo em inglês “to comply”, que significa “cumprir o que lhe foi imposto”, ou seja, Compliance é estar em conformidade e fazer cumprir regulamentos internos e externos que seriam impostos às atividades da instituição.

Além de conhecer as normas da organização, seguir os procedimentos recomendados e estar em Compliance é, seguramente, estar em conformidade com leis e regulamentos internos e externos.

Sabemos que, para qualquer instituição financeira, em especial uma corretora de câmbio, a confiança é um diferencial indispensável. Em geral, as leis tentam estabelecer controles e maior transparência, mas estar em conformidade apenas com as leis não garante um ambiente totalmente controlado.

É preciso que todos os colaboradores atuem com ética e idoneidade em todas as suas atividades e que, claramente, a alta administração participe ativamente da disseminação da cultura de Compliance.

Na Frente Corretora en números, atuamos com uma estrutura especialista e segregada, que tem por meta uma atuação próxima e transparente as áreas do negócio, mas, sempre, ética e alinhada às melhores referencias de mercado.

Temas como Prevenção à Lavagem de Dinheiro, Know Your Customer, Monitoramento de Transações e Treinamento são amplamente pensados e trabalhados na organização, proporcionando maior tranquilidade as operações e futuros acionistas pois confiança é nosso maior ativo.

Carlos Henrique – Legal & Compliance

Fontes: Frente Corretora e ABBI

Compartilhe esse post: